MunicípioInformação institucional
ConcelhoConheça-nos
ViverServiços municipais
VisitarEsperamos por si
InvestirInvista no concelho
Balcão Virtual
Covid-19

Detalhe da Notícia


Variante à Vila de Arruda sai do papel para o terreno

Assinado que foi o auto de consignação das obras de construção da variante à vila de Arruda entre as Infraestruturas de Portugal e o consórcio LENA Engenharia e Construções, S.A. / NOV Pro Construções S.A., podemos afirmar com toda a segurança que desta feita esta obra vai ser uma realidade.

Um projeto estruturante para o Concelho, obra prometida há mais de 30 anos, e desejada por todos os que habitam e trabalham, mas, principalmente, para os industriais do Concelho que têm as suas empresas sediadas nas zonas industriais da vila de Arruda.

“Esta estrada só vai ser feita por causa da Câmara Municipal, porque a mesma teve a iniciativa de não ficar quieta, soube trabalhar e mexer-se para que a mesma seja uma realidade”, disse na ocasião o Ministro Pedro Nuno Santos.

Aliás o projeto de execução e as expropriações ficaram a cargo do Município, o que “demonstra que a Câmara nunca desistiu e soube avançar, negociar e trabalhar em colaboração com a IP e o Governo de forma a conseguir avançar com este projeto”, uma obra que principalmente trará sérios “ganhos para a população”, concluiu Pedro Nuno Santos.

Para o Vice-presidente das Infraestruturas de Portugal, José Serra Gordo, esta obra revela que quando se trabalha em conjunto, em estreita colaboração, como foi o caso, principalmente entre a Câmara Municipal e a entidade que dirige, as coisas acabam por acontecer.

Já André Rijo, presidente da Câmara Municipal, realçou a persistência e a resiliência com que a Câmara encarou este projeto, fazendo uma pequena resenha histórica do que aconteceu até à data, recordou que os primeiros contactos com a IP aconteceram em 2014, e que entre avanços e recuos, chegamos ao momento em que já não haverá retorno e que a Variante Externa à Vila de Arruda será mesmo uma realidade.
Esta obra, orçada em sete milhões de Euros, terá uma extensão de cerca de 2,3 Km’s, fará a ligação entre a EN 248 (zona envolvente ao cemitério de Arruda) e a EN 115-4 (zona do Casal da Machada), pelo meio terá duas rotundas, uma situada do cruzamento dos 4 caminhos que fará a ligação à Freguesia das Cardosas e uma outra na variante da zona industrial das Corredouras.

Este é sem dúvida uma obra única no nosso Concelho, provavelmente o maior investimento ocorrido nos últimos anos (falando de obras exclusivamente localizadas no nosso concelho), mesmo o maior após a conclusão da autoestrada (que não passa exclusivamente no território de Arruda), e que irá marcar indelevelmente o futuro da Freguesia e mesmo do Concelho.

O mesmo é reconhecido por todos, especialmente pelos empresários, forças de segurança e agentes do ensino, pois com a conclusão da mesma o trânsito pesado é desviado do centro da Vila, com os benefícios para a segurança de peões e melhorias significativas no âmbito ambiental e redução de custos para os empresários, que veem assim reduzir substancialmente o tempo de transporte das mercadorias e matérias primas, o que como se entende trará ganhos substanciais e poderá ser mais um motivo de atratividade empresarial.

A cerimónia ficou ainda pautada pela entrega, por parte do Presidente da Câmara Municipal, André Rijo, da chave do Município ao Ministro Ministro das Infraestruturas e da Habitação que deixou ainda a promessa de voltar ao Concelho de Arruda, a curto prazo para a inauguração de uma nova obra, também de extrema importância para todos, trata-se do Bairro João de Deus.





Print Friendly and PDF

Contactos

Largo Miguel Bombarda

263 977 000

263 976 586

Back to Top

  •   Menu acessível
  • Promotor Oeste Portugal
  •   Oeste CIM
  • Co-financiamento Compete
  •   QREN
  •   União Europeia
Powered by Powered by U-LINK
© 2006 - 2022 © Município de Arruda dos Vinhos - Todos os Direitos Reservados